fbpx

Blog

Prefeitura de Niterói anuncia início da implantação de projeto cicloviário

A prefeitura de Niterói anunciou o início da implantação do primeiro lote do sistema cicloviário da Região Oceânica, para esse mês de fevereiro, com previsão de término em outubro deste ano.

O projeto cicloviário é muito bem-vindo, porém, segundo o edital de licitação, dos 21 quilômetros previstos neste primeiro lote, apenas 1/3 deles serão de fato investidos em ciclovias. Ou seja, dos 21km apenas 7km serão exclusivamente para circulação de ciclistas, com faixa segregada do tráfego geral e do passeio por canteiro ou outro elemento físico.

Serão aproximadamente 12km de ciclorrotas. Para quem não sabe, são espaços compartilhados entre ciclistas e veículos motorizados, separados apenas por uma sinalização no chão, sem nenhum elemento físico.

E o restante, pouco mais de três quilômetros serão investidos em ciclofaixas, que são faixas de circulação exclusiva de ciclistas não segregada fisicamente do tráfego geral, delimitada por tachões e/ou pintura viária.


Desde 2009 luto pela ampliação das ciclovias em Niterói. Sempre acreditei que nossa cidade precisa ser planejada para aproximar as pessoas do trabalho, da educação, compras e lazer, reduzindo a necessidade do transporte motorizado.

Planejamento e responsabilidade na construção de ciclovias

Esperamos que não se repitam os mesmos erros cometidos recentemente na obra da Transoceânica, onde a ciclovia no túnel ficou estreita, bem diferente do que foi anunciado, além disso, a ciclovia inteira da Região Oceânica é compartilhada com a calçada ou passa por lugares que ninguém transita. Ou seja, se perdeu a oportunidade em uma obra nova de investir em uma ciclovia segregada ao longo da Estrada Francisco da Cruz Nunes.

Precisamos investir com planejamento e responsabilidade em infraestrutura capaz de oferecer efetivamente mobilidade segura e adequada para pedestres e ciclistas. A prefeitura começa a avançar, mas ainda é pouco.

Felipe Peixoto

Durante seus mandatos, Felipe aprovou mais de 100 leis e presidiu importantes Comissões, como a do Foro e Laudêmio e a da Linha 3 do Metrô. Como Secretário de Estado, Felipe foi responsável por inúmeras realizações e projetos que beneficiaram todas as regiões do RJ. 

 Leia mais sobre Felipe

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =

  • Palavra-Chave

  • Tipo

  • Tema

  • Ano

  • Cargo