Em função das atividades realizadas pela empresa através da Divisão de Segurança Alimentar e Nutricional e pela Divisão de Fomento à Agricultura Familiar.

Pela primeira vez na história, a Central de Abastecimento do Rio de Janeiro (CEASA-RJ) ganhou um assento efetivo no Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Estadual (Consea-RJ), em função das atividades realizadas pela empresa através da Divisão de Segurança Alimentar e Nutricional (DISAN) e pela Divisão de Fomento à Agricultura Familiar (DIFAF), que vem desenvolvendo projetos para garantir o acesso do alimento à população, fortalecendo os indivíduos em situação de vulnerabilidade, tanto no campo, como nos centros urbanos. A CEASA-RJ será representada no Conselho através da chefia da DISAN, Viviane Nogueira e do chefe da DIFAF, Marden Marques. A alteração no conselho foi publicada no ultimo dia 25 de novembro no Diário Oficial.

A participação da Ceasa no Consea ocorre em um momento muito especial, já que este ano a CEASA-RJ foi contemplada com um edital do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), para viabilizar, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Regional Abastecimento e Pesca (SEDRAP), a expansão do Banco de Alimentos para as outras cinco Unidades e pela Adesão ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA – Compras com Doação Simultânea), onde a CEASA operacionalizará a aquisição dos alimentos direto dos agricultores familiares do Estado e realizará, posteriormente a doação através dos Bancos de Alimentos para as instituições socioassistenciais com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

O presidente da CEASA-RJ, Leonardo Brandão destacou a importância da participação no Consea.

– A CEASA trata do abastecimento da cidade, setor de extrema importância e de total envolvimento com a questão alimentícia. Além disso, temos desenvolvendo diversos programas através de nossas divisões. Assim, percebe-se a necessidade da participação da Ceasa como poder público no Consea. O PAA é o primeiro grande exemplo dessa parceria. Vamos executar, sendo intermediários entre agricultores e governo e o Consea vai atestar nossas ações – declarou Brandão.

Em 2014 serão atendidos 800 agricultores familiares e 215 instituições socioassistenciais em 70 municípios do Estado pelo PAA que a CEASA-RJ irá operacionalizar. 

O presidente do Consea – RJ , José Mesquita, declarou sobre a contribuição da CEASA-RJ no Conselho. 

– A CEASA-RJ é um órgão que cumpre um papel de extrema importância na área de segurança alimentar, ter representantes da empresa conosco vai contribuir para fomentar nossas discussões voltadas para essa área – disse. 

Consea

O Conselho tem caráter consultivo e assessora a Presidência da República na formulação de políticas e na definição de orientações para que o país garanta o direito humano à alimentação adequada e saudável em todas as suas dimensões e, inclusive, em suas relações exteriores. O Conselho não é nem pode ser gestor nem executor de programas, projetos, políticas ou sistemas. Todavia, acompanha de perto diversas políticas públicas (e indicadores), considerados chaves para a realização da segurança alimentar e nutricional da população brasileira.Por isso, o Consea acompanha e propõe melhorias para diversas políticas públicas (como Bolsa Família, Alimentação Escolar, Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar e Vigilância Alimentar e Nutricional, entre muitos outros). Atualmente existem 27 conselhos estaduais no país para tratar de questões específicas da região relacionadas à Segurança Alimentar e Nutricional. O Conselho é formado por representantes do poder público e sociedade civil.

Ascom Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional 

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

20 − quinze =

Fechar Menu