Felipe entrega panfleto a eleitora no Ingá | Foto: Luiz Barros

A agenda desta terça-feira, dia 6, do candidato a prefeito Felipe Peixoto (PSB-Niterói), começou com uma panfletagem no Ingá. Com vereadores da coligação Cidade Limpa (com 11 partidos), simpatizantes e a mãe Maria Cristina Peixoto, Felipe escolheu a esquina das ruas Doutor Paulo Alves e Presidente Pedreira para interagir com a população, ouvir as pessoas e detalhar algumas de suas propostas de governo, especialmente, as relacionadas à educação e segurança, esta última uma das principais preocupações dos moradores do bairro, como a aposentada Angela Paixão.

– Amo Niterói, mas vejo muita gente insatisfeita com os rumos que a cidade tomou. Eu, por exemplo, já fui até mesária, mas estou desanimada, muito preocupada com a segurança. Moro no Ingá há 30 anos, e a violência cresceu assustadoramente. Precisamos melhorar tudo em Niterói, e minha esperança está no Felipe. Estou na torcida por ele, que é sério, tem experiência da vida pública, é um bom gestor e vai mudar nossa cidade para melhor – disse Angela.

A área da segurança é contemplada em duas das principais propostas de campanha de Felipe Peixoto. Uma delas é o aumento do efetivo policial nas ruas da cidade com a volta do Programa Estadual de Integração da Segurança (Proeis). A outra visa promover a integração entre as polícias Civil, Militar e Federal e Guarda Municipal, com reuniões periódicas, abertas à população, para avaliar a evolução da segurança e definir ações conjuntas.

– O prefeito tem que liderar a prevenção e o combate à violência na cidade. Não resolve o problema jogar toda a responsabilidade da segurança pública para o Governo do Estado e não fazer nada para melhorar a qualidade de vida do cidadão. Vamos trabalhar de forma coordenada com as forças policiais, cobrando e gerando ações mais efetivas. Vamos também dobrar o efetivo diário de PMs nas ruas, voltando com o Proeis, que assegura o pagamento da hora extra aos policiais e foi suspenso pela Prefeitura há quatro anos. Esta será uma das prioridades do nosso governo: trazer de volta à população a sensação de segurança – reforçou Felipe.

Outras agendas – À tarde, com o vice Antônio Rayol e o vereador Bruno Lessa, ambos do PSDB, Felipe Peixoto se reuniu com representantes do Sindicato de Hospitais e Clínicas de Niterói, reafirmando o diálogo com o setor e ouvindo as demandas e principais preocupações relativas à situação da saúde particular na cidade.

– Precisamos repensar a saúde e equilibrar o atendimento tanto na rede privada como na rede pública, melhorando a prestação de serviço aos pacientes provenientes do SUS. A rede básica está muito precária em nosso município. Tem marcação de exames que chega a demorar um ano para acontecer. A vivência à frente da SES foi um grande desafio, sem dúvida, o mais difícil em todos os meus anos de vida pública. Mas essa experiência me trouxe um aprendizado diferenciado, muito importante para eu administrar bem a cidade e a saúde de Niterói – assegurou o candidato, que seguiu nesta terça-feira participando de um culto no Ministério IDE, no Centro de Niterói, e depois de reunião de apoios na Cantareira, entre outras agendas.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

nove − cinco =

Fechar Menu