Niterói sediou, nos dias 28 e 29 de agosto, no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia da UFF, a I Conferência Municipal de Comunicação e a I Conferência de Comunicação da Região Leste Fluminense

Niterói sediou, nos dias 28 e 29 de agosto, no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia da UFF, a I Conferência Municipal de Comunicação e a I Conferência de Comunicação da Região Leste Fluminense.

Com o tema “Comunicação: Meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital”, as duas Conferências reuniram Poder Público, empresários e organizações da sociedade civil, com o objetivo de discutir políticas de Comunicação e uma maior democratização da mídia.

A abertura das Conferências aconteceu, dia 27, na Praça Leoni Ramos, em São Domingos. Um grande show com a participação de várias bandas, dentre outras manifestações culturais, animou os participantes.

A mesa de abertura foi composta pelo Secretário Municipal de Ciência e Tecnologia, Professor José Raymundo Martins Romeu, e pelo Subsecretário José Antonio Fortuna Nogueira (Barroco); o Assessor de Comunicação da Câmara Municipal de Niterói, Vinícius Martins; a editora do jornal “O Fluminense”; Sandra Duarte, o Assessor de Comunicação da Prefeitura de Niterói, Mário de Sousa, representando o Sindicato dos Jornalistas do Estado do Rio de Janeiro, Fernando Paulino; Vereador Renatinho e representando reitor da UFF, Professor João Batista.

No primeiro dia de trabalho, foram formadas duas mesas de debates. Uma com o tema: “Pluralidade e democratização, concessões de rádio e TV, jornalismo impresso e controle social” e outra para discutir: “Sistema Público e tecnologias da comunicação”. Participaram como debatedores: o professor de Comunicação Social da UFF, Adilson Cabral;, do Núcleo Piratininga de Comunicação, Vito Gianotti; o professor da PUC Rio Marcos Dantas, e do Intervozes, Gustavo Gindre.

O sábado foi reservado para a discussão e elaboração das propostas pelos grupos de trabalho. As plenárias finais das duas Conferências discutiram as várias propostas aprovadas nos grupos. Ao final, após votação, foi fechado relatório, a ser encaminhado à comissão organizadora da Conferência Estadual com vistas à participação na Conferência Nacional, e votadas às entidades que participarão da delegação da Região Leste Fluminense.

Vale ressaltar que Niterói foi o único município a convocar a Conferência Municipal dentro do estado do Rio. Esse fato fez com que a conferência aprovasse Moção de Aplauso à Prefeitura Municipal de Niterói, em reconhecimento à iniciativa.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

quatro × 3 =

Fechar Menu