fbpx

Blog

Barreiras sanitárias ineficazes

Não acredito na eficácia das barreiras sanitárias implementadas pelo prefeito Axel Grael em Niterói. Essa foi mais uma medida equivocada por ele adotada para tentar conter o avanço do coronavírus. Mas na prática a ação só provocou congestionamentos, dificultando ainda mais a vida das pessoas. Chegamos a ter até nove quilômetros de engarrafamento na manhã desta quarta-feira, 14/03, causando um verdadeiro tormento na cidade já tão massacrada pela Covid-19, com mais de mil mortos pela doença e muitos comércios falindo pelos reflexos na economia.

Hoje foram instaladas quatro barreiras: nas avenidas Jansen de Mello e Feliciano Sodré, no Centro; na Alameda São Boaventura; e na RJ-104, no Fonseca. Elas funcionam em algumas horas do dia, e os agentes são orientados a não barrar ninguém, nem de pessoas que não comprovam trabalhar em Niterói. Os guardas apenas se limitam a abordar veículos aleatórios para aferir a temperatura dos ocupantes e verificar se todos estão de máscara. Como se isso bastasse…

Os congestionamentos provocados por essas barreiras se transformam em mais um fator que colabora para a proliferação do vírus, pois eles fazem com que as pessoas fiquem muito mais tempo em transporte público, aumentando a exposição e, claro, o risco de contágio. Além do mais, este recurso é ineficaz no caso de pessoas assintomáticas. Como já registrei aqui em artigo anterior, travamos essa batalha contra o coronavírus há um ano, tempo para lá de suficiente para deixar de lado medidas pitorescas que só dão visibilidade, mas são ineficientes.

O caminho é unir forças entre os municípios e o Governo do Estado, em busca de medidas contundentes contra o vírus. É, de imediato, investir em mais leitos para os hospitais e na vacinação que foi paralisada em um momento crucial, justo quando Niterói já chora por mais de mil mortos pela Covid… É criar campanhas de conscientização sobre a importância do uso de máscaras e mecanismos para evitar aglomerações, mas sem penalizar o comércio. Uma saída é a flexibilização de horários de funcionamento.

São medidas simples, algumas precisando de mais investimentos, sim, o que não seria impeditivo. Afinal, nossa cidade tem um orçamento bilionário, que permite a adoção de ações mais eficazes do que apenas montar barreiras nas estradas. Minha torcida é para que Niterói vença essa guerra com inteligência e estratégias acertadas!

 

Foto: Ecoponte

Felipe Peixoto

Durante seus mandatos, Felipe aprovou mais de 100 leis e presidiu importantes Comissões, como a do Foro e Laudêmio e a da Linha 3 do Metrô. Como Secretário de Estado, Felipe foi responsável por inúmeras realizações e projetos que beneficiaram todas as regiões do RJ. 

 Leia mais sobre Felipe

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 11 =

  • Palavra-Chave

  • Tipo

  • Tema

  • Ano

  • Cargo