O Festival Arariboia Rock está perto de completar dez anos e vem por aí mais uma edição do projeto que, desde 2005, agita Niterói com o melhor das bandas locais de rock. Indicado ao Prêmio de Cultura do Governo do Rio e considerado pela Secretaria de Estado de Cultura como patrimônio imaterial, o Arariboia Rock faz parte da rede de Festivais Brasileiros Associados (o FBA), e se mantém como um dos principais festivais de rock independente do país.

A décima edição do Arariboia Rock, que acontece no dia 13 de dezembro no Fluminense Atlético Clube, será a última do criador do movimento, o meu amigo e produtor Pedro de Luna. Os novos gestores, Guilherme Carvalho e Noemi Machado trabalham na cena cultural de Niterói e São Gonçalo e apresentam um programa de rádio semanal dedicado às bandas independentes, o Arariboia Rock News. Sem dúvidas, o futuro do Arariboia Rock estará em boas mãos.

Em maio, pude entregar ao Pedro uma moção, extensiva ao Arariboia Rock, pela importante contribuição cultural que deram e dão à música independente no nosso estado. Não é de hoje que declaro meu apoio ao Arariboia Rock. Sou apoiador do festival desde o início. Sempre acreditei que nossos artistas precisam de espaço e oportunidade para mostrar seu trabalho. E me orgulho do seu sucesso.

Mais de 70 bandas já passaram pelo palco do Arariboia, inclusive de outros estados e até uma norte-americana. Nesta edição serão seis bandas locais: Barcamundi, Caramadas, Nardones, Overdrive Saravá, Somagnet, The Knutz; e três do Rio: Balba, Reduto e Drenna. Niterói é uma das cidades com maior vocação cultural do Brasil e é preciso incentivar e fortalecer ainda mais esse potencial. E o Arariboia Rock cumpre com seu papel.

Desejo ao Pedro muito sucesso nas novas empreitadas que certamente virão. Sua contribuição no processo que levou a marca Arariboia Rock ser conhecida e reconhecida no cenário cultural de Niterói e do estado é inegável. O mesmo sucesso desejo ao Guilherme e a Noemi, que assumem a grande responsabilidade de continuar esse legado. São 10 anos de Festival Arariboia Rock. A prova de que os niteroienses sabem fazer cultura de qualidade.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

dezoito + 4 =

Fechar Menu