Outubro Rosa, todos na luta pela prevenção do câncer de mama

Outubro começa hoje e, com ele, uma das mais importantes campanhas voltadas para a saúde da mulher: o Outubro Rosa. Criado, na década de 90, nos EUA, o movimento ganhou o mundo e, hoje, é marco na luta contra o câncer de mama. A luta é pelo diagnóstico precoce, que significa cura em 95% dos casos.

      A doença, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), foi a responsável pela morte de 627 mil mulheres, só neste ano de 2018. É a causa de uma em cada seis mortes. E essa tragédia pode ser minimizada, a partir, dos exames periódicos, que precisam estar disponíveis nas unidades públicas, para atender adequadamente as mulheres e se tornarem rotina nos seus cuidados com a saúde.

     Quando estive na Secretaria de Saúde, dei início a esse processo, com o envio de unidades móveis aos municípios do Interior, para a realização de exames de mamografia, ultrassonografia e biópsia mamária, ressonância magnética e tomografia computadorizada.

      Mas não podemos parar por aí, vidas precisam ser salvas! O Outubro Rosa é um mês de alerta, porém, a batalha contra o câncer de mama e a melhoria dos serviços de saúde para toda a população tem que ser uma constante. Mas, infelizmente, o que temos visto é o sucateamento da rede pública, ano após ano.

   Vimos isso de perto e, mesmo que por um breve período, conseguimos mudar algumas coisas e realizar outras tantas. Por isso, acredito que se pode fazer diferente, também na saúde do nosso estado e da nossa população. E, para tal,convido, cada um de vocês, a fazer a diferença com a gente.

     

Deixe uma resposta

4 + 16 =

Fechar Menu