Tem muita gente que pode pensar: parece que foi ontem! Mas a verdade é que, nesse mês de setembro, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói, o nosso famoso MAC, completa 22 anos. Pensado para ser incentivo à cultura e ao turismo de Niterói, esse projeto fabuloso de Oscar Niemeyer acabou se tornando símbolo da nossa cidade e marco das mudanças que aqui ocorreram, a partir das diversas intervenções idealizadas pelo arquiteto.

Nosso cartão postal projetou Niterói para o mundo e, além das exposições e eventos programados, mantém como acervo permanente 1.217 obras da coleção João Sattamini, segunda maior de arte contemporânea do Brasil. Essa escultura gigante de Niemeyer continua a contribuir, efetivamente, para disseminar a cultura com atividades de incentivo à produção artística contemporânea. Também por isso ele precisa e deve ser preservado.

Com essa preocupação, não só pensei no MAC mas em outros patrimônios histórico-culturais da cidade, apresentei na Câmara Municipal a Lei de tombamento do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, da Catedral de São João Batista e da Chácara do Vintém. E consegui!

Precisamos cuidar da nossa história, é nosso dever como cidadãos e compromisso com as novas gerações. Não podemos correr o risco da perda desses patrimônios como, infelizmente, aconteceu com o Museu Nacional. Temos que fazer diferente! Esse é o meu compromisso.

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

vinte + 14 =

Fechar Menu