À frente da Sedrap e da Fiperj, Felipe promoveu a elaboração do Programa de Caracterização Socioeconômica da Pesca e Maricultura. Trata-se do primeiro censo pesqueiro do Rio de Janeiro, abrangendo 19 municípios do litoral do estado – de Paraty a Búzios. Realizado de maio a novembro de 2014, a pesquisa foi uma exigência do Ibama à Petrobras para a licença de atividades de exploração do pré-sal na Bacia de Santos, e a Fiperj foi escolhida para coordenar as atividades de coleta de dados no estado do Rio. Mais de 8 mil pescadores e maricultores foram entrevistados em 325 localidades de pesca.

O objetivo foi levantar informações socioeconômicas (como grau de instrução, estrutura de moradia e renda), da produção (tipo de pescado e local) e dos petrechos (material de pesca) dos pescadores e maricultores, além de dados sobre as embarcações, entidades (associações e colônias) e condições de infraestrutura que atendem a pesca e maricultura fluminenses. No estado do Rio, o levantamento foi feito por 38 profissionais, sendo 28 pesquisadores contratados das mais diversas áreas (como geógrafos, advogados, assistentes sociais, biólogos e gestores ambientais) e dez técnicos da Fiperj.

Notícias publicadas:

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Felipe Peixoto

Durante seus mandatos, Felipe aprovou mais de 100 leis e presidiu importantes Comissões, como a do Foro e Laudêmio e a da Linha 3 do Metrô. Como Secretário de Estado, Felipe foi responsável por inúmeras realizações e projetos que beneficiaram todas as regiões do RJ. 

 Leia mais sobre Felipe

Fechar Menu