Candidatos tiveram encontro com profissionais do setor da pesca e caminharam por ruas de Niterói

 

O candidato a deputado estadual Felipe Peixoto recebeu nesta segunda-feira, dia 24, o candidato a governador do seu partido, Indio da Costa, para uma série de agendas em Niterói. Eles almoçaram com profissionais do setor da pesca no tradicional Mercado São Pedro, na Ponta da Areia, visitaram a sede de um jornal diário fluminense e percorreram ruas da cidade. À noite, Felipe teve mais duas reuniões com apoiadores: uma no bairro Vital Brazil e outra no Engenho do Mato.

 

No Mercado São Pedro, Felipe e Indio se reuniram com representantes do setor pesqueiro em encontro conduzido pelo comandante Flávio Leme, assessor técnico do Sindicato dos Armadores de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Saperj). Participaram também a bióloga Juliana Brandão Guimarães, pesquisadora da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj); e o pescador Otto Sobral, integrante da Colônia de Pescadores Z-7 (Itaipu) e da Associação dos Pescadores Profissionais e Amadores (Appamda). Mais uma vez, Felipe defendeu o fomento à atividade pesqueira, destacando que o setor precisa e merece melhorias.

– Temos muito perto daqui, desse mercado referência em pescado no estado do Rio, várias instituições ligadas ao setor, como a Fiperj e a Federação dos Pescadores. Isso mostra o quanto esse segmento é importante não só em Niterói como em municípios vizinhos. E essa estrutura precisa ser melhor aproveitada – disse Felipe.

 

O fomento à indústria pesqueira e naval para a geração de emprego esteve também na pauta da entrevista de Indio ao jornal O Fluminense, feita pelo repórter Lucas Schuenck. Os dois candidatos foram recebidos pela superintendente geral do Grupo, Cátia Inêz Costa Gomes, e pela diretora de Jornalismo Multimídia, Liliane Souzella. A candidata a deputada federal Débora Oliveira acompanhou a visita com Felipe Peixoto. Relator da Ficha Limpa, Indio apontou a segurança como prioridade em seu programa de governo, destacando a necessidade de uma política de segurança pública com investimento nas polícias, em especial, a técnica. Perguntado sobre como os candidatos com atuação no interior, Baixada e Região Metropolitana podem ajudar em sua campanha, o candidato ao Governo do Estado afirmou que essa representatividade dá capilaridade ao processo eleitoral.

– Agora, a importância de ter Felipe aqui não é pela capacidade da campanha tradicional de rua, é pelo que ele representa: a honestidade, a sinceridade, a transparência, a dedicação. Um ser trabalhador, competente e preparado que bem simboliza o que Niterói deseja – resumiu.

 

Linha 3 – Indio falou de algumas propostas, entre elas, a Linha 3. “Lá fora, no Japão, Estados Unidos, Alemanha, se investe muito em planejamento e pouco tempo na execução da obra. Aqui é o contrário, e por isso se gasta tanto dinheiro no processo. Pensando nisso e convencido pelo Felipe da importância desse projeto para a região, vamos investir nesse planejamento. Provavelmente não dê para executar a obra por conta da crise financeira do Estado. Mas faremos o projeto executivo que ficará pronto para quando houver recursos”, explicou Indio.

 

Cidade da Pesca – Outra proposta de Felipe que chamou atenção de Indio é a Cidade da Pesca, empreendimento que visa atrair de volta ao estado a indústria pesqueira que, na década de 80, com a falta de políticas públicas, migrou para o Sul do país. “É um espaço incrível em São Gonçalo, com uma área de 630 mil metros quadrados e estimativa de geração de mais de 10 mil empregos. Não podemos desistir desse projeto diferenciado. Temos que concluí-lo”.

 

Barcas em São Gonçalo – Sobre outra antiga demanda da região, o Terminal das Barcas de São Gonçalo, Indio pretende estudar soluções, como o hovercraft ou aerodeslizador, uma embarcação que não precisa de ancoradouro profundo, com maior calado.

 

Reuniões – Encerrada a agenda com Indio, Felipe Peixoto participou da reunião promovida pelo amigo e ortopedista Marcos Vinicius no Vital Brazil, com cerca de 80 pessoas. O candidato falou de suas principais propostas de campanha e fechou a agenda desta segunda em um encontro muito produtivo no Engenho do Mato, organizado pelo amigo Marcos Boiadeiro. Felipe disse estar feliz em poder terminar o dia, já tarde da noite, “trocando ideias com pessoas interessadas em debater política, preocupadas com o futuro do nosso estado e do nosso país”. Um deles é Elson Calispto.

 

– Eu votei no Felipe para prefeito por acreditar que ele faria muito por nossa Região Oceânica. Esses políticos que estão aí querem mesmo que a população continue ignorante, sem acesso à educação. Se hoje sou trabalhador é porque tive escola pública de qualidade. Não tinha tempo para ficar na rua. Hoje nossas crianças não têm escola. Precisamos do Felipe na Alerj pra lutar pela educação em tempo integral, como era na minha época – desabafou.

Deixe uma resposta

6 + onze =

Fechar Menu